Revisão das Competências Requeridas para o Exercício da Medicina do Trabalho no Brasil

Revisão das Competências Requeridas para o Exercício da Medicina do Trabalho no Brasil

Atendendo orientação da AMB em 2002, a ANAMT desenvolveu a primeira versão da matriz das Competências Requeridas para o Exercício da Medicina do Trabalho, destinada a orientar os processos de formação e concessão do Título de Especialista em Medicina  do Trabalho, após o reconhecimento da especialidade pelo Comitê Misto CFM-AMB–CNRM/MEC.

Considerando a experiência acumulada e as transformações ocorridas no mundo do trabalho e no perfil demográfico e epidemiológico dos trabalhadores nesse período, a Diretoria da ANAMT implementou em 2015-2016 processo de atualização dessa matriz de competências, que resultou na Matriz de Competências essenciais requeridas para o exercício da Medicina do Trabalho atualizada, publicada em 2016. Com base na metodologia adotada no processo, esta segunda versão da matriz foi revisada e colocada para avaliação dos pares especialistas para a qual solicitamos sua colaboração.

A matriz de competências essenciais  requeridas para o exercício da Medicina do Trabalho – atualização 2017 é um trabalho coletivo e constitui uma “síntese provisória” de um processo, que necessita ser avaliado e atualizado continuamente.

Convidamos você a participar, respondendo até o dia 28/02/2018 às questões apresentadas no link https://goo.gl/forms/1O0sLjm6eU1mSIwG2.

Anexa a este e-mail, segue matriz resumo para auxiliá-lo na visualização global das competências.

É assegurada a privacidade de suas respostas, que serão discutidas em dimensões coletivas.

É previsto que você gaste cerca de 20 minutos para responder o questionário.

Sua colaboração é fundamental!

Saudações,

Elizabeth Costa Dias

Diretora Científica ANAMT

Deixe uma resposta

Fechar Menu