25ª reunião com as sociedades de especialidades na APM

A Associação Paulista de Medicina promoveu, na tarde da última terça-feira (20/09), a 25ª reunião com as sociedades de especialidades. Mediada por José Luiz Gomes do Amaral, presidente da APM, a convidada para a ocasião foi a Associação Paulista de Medicina do Trabalho (APMT).

 

A Associação Paulista de Medicina promoveu, na tarde da última terça-feira (20), a 25ª reunião com as sociedades de especialidades. Mediada por José Luiz Gomes do Amaral, presidente da APM, a convidada para a ocasião foi a Associação Paulista de Medicina do Trabalho (APMT), representada por seu presidente, Leandro Guimarães, e vice-presidente, Flávia Souza e Silva de Almeida.

 

Como de costume, Amaral ressaltou aos participantes as principais finalidades e objetivos dos encontros, que propõem e buscam maior proximidade entre as instituições médicas, tendo em vista melhorias e projetos em parceria com as sociedades, contando também com a apresentação de toda a estrutura que a APM pode oferecer diante de um possível convênio.

 

“Nosso intuito é que cada sociedade fale por sua especialidade dentro de nossa Associação. Este convênio que propomos formalizar faz com que a Associação Paulista de Medicina do Trabalho represente seus associados em nosso Departamento Científico, auxiliando também em dúvidas e tomadas de decisões referentes à área”, explicou o presidente da APM.

 

Outro ponto importante apresentado ao longo de todas as reuniões é a estrutura da Associação, seus serviços e projetos. “Queremos mostrar onde estamos, o patamar que queremos chegar e potenciais interfaces para melhorias futuras. Hoje, temos a oportunidades de oferecer benefícios importantes e trabalhamos intensamente para trazer mais vantagens para nossos associados, e agora também para as sociedades de especialidades”, destacou Amaral.

 

Em continuidade, o superintendente de Estratégia e Marketing da APM, Jorge Assumpção, apresentou os principais benefícios e serviços oferecidos pela entidade e o papel da Associação em relação à orientação jurídica, defesa profissional e atualização científica, realizada por meio de cursos e congressos – ressaltando também as vantagens para a vida pessoal, a exemplo do clube de benefícios, edifício residencial e Hotel Fazenda APM.

 

Representatividade

 

Referente à Defesa Profissional, o presidente da Associação ainda destacou que, em qualquer esfera, diante do crescimento e inovações, o número de pessoas representadas pela sociedade aumenta, sendo necessário tomar determinadas medidas. “A APM conta com uma assessoria parlamentar permanente, que atua junto aos Ministérios e Congresso Nacional, sendo possível agregar interesses em comum.”

 

O Instituto de Ensino Superior da Associação Paulista de Medicina (IESAPM) também foi apresentado: “Resolvemos fazer um projeto educacional e equipar a Associação com um Instituto de Ensino Superior. Após a aprovação do MEC, iniciamos nosso curso superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar e já temos planos de desenvolver novos projetos educacionais. Tivemos também a aprovação do EAD, e a parceria com as sociedades é fundamental para implementar novos cursos e palestras”.

 

O presidente da APMT disse ter achado toda a exposição espetacular, e interessantíssima a questão do IESAPM. “Sempre falamos que muitas pessoas fazem cursos por conta própria, sem metodologia de ensino padrão. Acredito que se estas aulas forem promovidas por uma entidade sustentada, como é o caso da APM, se torna algo muito melhor e proveitoso.”

 

Guimarães ainda enfatizou que não conhecia muito do que foi apresentado durante a reunião, mas que frequentemente usa alguns serviços da APM para a realização de eventos e conferências. “Recentemente, realizamos um simpósio voltado para as práticas da Medicina do Trabalho no século XXI, na sede da Associação e com transmissão no metaverso, com todo o suporte por parte da infraestrutura da instituição e a competência do time de colaboradores que nos ajudaram.”

 

Ele ainda destacou que as entidades podem fortalecer a parceria, pois certamente irão crescer juntas: “Acredito que nenhuma outra Associação tem as visões e planos que a APM apresenta, e falo em todos os sentidos, educacional, de defesa e benefícios. Com certeza este convênio será benéfico para todos”.

 

Outras vantagens

 

Também participando do evento, Gisele Glavtcheff, gerente da Unicred, contou sobre a parceria entre a cooperativa e a APM, que visa oferecer aos médicos associados soluções diferentes das do mercado, visto que a Diretoria é composta por profissionais da Saúde, que entendem e buscam atender as principais demandas dos médicos.

 

“No ano passado, começamos um projeto de expansão em São Paulo, e trouxemos as vantagens para a APM no intuito de agregar benefícios financeiros as sociedades de especialidades e os associados. Podemos auxiliar a especialidade por meio de patrocínio e participação de resultados, palestras e agregação de valor”, salientou.

 

Por fim, o diretor de Defesa Profissional da APM, Marun David Cury, ressaltou a importância dos encontros para a aproximação das entidades e discussão de interesses em comum. “As reuniões foram estabelecidas para unirmos forças. O segmento médico ficou dividido e, se não estivermos unidos, não conseguiremos vencer as dificuldades. Saímos de nossas casas para criar parcerias com outros segmentos e, para conseguirmos levar os projetos adiante, temos que nos comunicar com a sociedade e lutar pelos direitos de nossa classe.”

 

Texto: Laís Vasconcelos (Sob supervisão de Giovanna Rodrigues)

 

Notícias Recentes
Busque por período: